EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA EM HOMENAGEM AOS 245 ANOS DE PIRACICABA

CRISTÓVÃO PROMOVE EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA EM HOMENAGEM AOS 245 ANOS DE PIRACICABA

 

Associados podem enviar suas fotos até dia 26 de julho

 

Para comemorar o aniversário de Piracicaba e incentivar a arte da fotografia, o Cristóvão Colombo realiza a 4ª Exposição de Fotografia.

Com o tema, “Piracicaba nas Caravelas de Colombo”, o clube quer proporcionar aos associados um espaço com imagens de pontos turísticos, monumentos, parques, praças e outros espaços da cidade.

A exposição é aberta exclusivamente para associados do Cristóvão e cada participante poderá inscrever no máximo duas fotografias relativas ao tema. As ampliações deverão ser feitas no formato mínimo de 20 X 30 cm e máximo de 24 X 30 cm, em papel fotográfico, brilhante ou fosco. As fotos podem ser coloridas ou em preto e branco.

As imagens devem ser entregues até o dia 26 de julho de 2012 horas na Biblioteca do clube.

No verso de cada foto deverá ser colocada uma etiqueta adesiva com as informações: título da foto, nome completo e número de associado, endereço e telefone para contato, data e local onde foi feita a fotografia.

As fotos deverão ser entregues em envelopes com a seguinte identificação: Exposição de Fotografia, “Piracicaba nas Caravelas de Colombo”.

A mostra poderá ser visitada de 1º a 15 de agosto no Hall da Secretaria do Cristóvão Colombo.

 

 

CRONOGRAMA

Exposição: Piracicaba nas Caravelas de Colombo

Inscrições: 20 a 27/07/2012

Abertura: 31/07/2012 – 19h30 – Hall da Secretaria, Sede Campestre

Período da exposição: 1º a 15/08/2012

Segunda a sexta – das 8 às 21 horas / Sábados – 8 às 17 horas / Domingos – 8 às 12 horas

Cristóvão Colombo: Av Prof. Alberto Vollet Sachs, 2300, Morumbi, Piracicaba/SP.

Informações: 3124.8800

Sesc Piracicaba – Isabelita

Na próxima quarta-feira, 18/7, às 20h, a companhia Berro D’Água de Campinas (SP), apresenta a peça Isabelita, no palco do SESC Piracicaba.


A montagem integra o projeto Histórias do Mundaréu, idealizado pelo grupo após contato com moradores do distrito de Santiago do Iguape e redondezas (Cachoeira, BA). Portanto, personagens, dramaturgia e trilha original são livremente inspirados na sabedoria popular e valorizam a tradição oral da região.

Mais do que coletar histórias, a companhia conviveu e vivenciou experiências que posteriormente foram traduzidas para o teatro. Uma forma de reproduzir e propagar costumes já quase perdidos nos cotidianos das grandes cidades.

Isabelita é uma demonstração desse fluxo de ideias. A apresentação solo de Brisa Vieira nasceu de pesquisas com senhoras idosas e traz à cena as agruras do envelhecimento feminino. Durante os minutos que espera por uma visita, a personagem explora os recantos da memória com olhar ao mesmo tempo idiossincrático e universal.

O espetáculo experimenta linguagem que transita entre o cômico e o dramático, acompanhada por músicas compostas pelo violeiro João Arruda.

A montagem ocorre no Teatro e é recomendada para maiores de 16 anos.

Valores: 2,50 (trabalhadores do comércio e serviços matriculados), R$ 5,00 (usuários, estudantes, idosos e professores de rede pública) e R$ 10,00.